Mandaguari conseguiu 7,6 no IDEB

Cidade bateu a meta estabelecida para 2019 e está em terceiro lugar entre municípios da Amusep 

O Ministério da Educação divulgou nesta semana os resultados do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), indicador que mede a qualidade de ensino nas escolas públicas de todo o Brasil. Os números levam em conta avaliações feitos por alunos das redes municipal e estadual em 2019. Mandaguari alcançou a nota 7,6, batendo a meta e alcançando o terceiro lugar entre os municípios da Amusep (Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense).

RANKING - A meta da rede municipal de ensino para 2019 era 6,4. Com a nota de 7,6, Mandaguari figura atrás apenas de Atalaia (8,3) e Floraí (8,0) no ranking do IDEB na Amusep, e está na frente de cidades como Maringá (7,1), Sarandi (5,8) e Marialva (6,8).

NOTAS POR ESCOLA

- O IDEB também especifica as notas de cada escola, que são usadas para calcular a média do município. A escola Angelina Teixeira Pinheiro obteve a nota 7,0, enquanto a Walter Antunes Pereira aparece com 7,2. As escolas Ary da Cunha Pereira e Francisco Romagnole Junior aparecem com IDEB igual, 7,4 cada. Também empatadas estão as escolas Bom Pastor e Yolanda Cercal, com 7,8 no IDEB de cada instituição. 

REDE ESTADUAL

- Já na rede estadual, as notas de Mandaguari são 5,4 no nono ano, e 4,3 no terceiro ano do ensino médio. O nono ano tem nota 5,6 no Colégio José Luiz Gori, 5,5 no Colégio Estadual Vera Cruz (CEVEC) e 5,0 na Escola São Vicente Pallotti. Já no terceiro ano do ensino médio, a pontuação do Colégio Gori é de 4,9, enquanto a do Cevec não foi divulgada. 

Fonte: Ideb.Inep.gov.br/resultado

Categoria:Diario De Mandaguari