JURI CONDENA RÉU EM MANDAGUARI

Nesta quinta-feira, 06 de dezembro, os jurados condenaram Amauri de Almeida, Mc K, acusado de em 05 de dezembro de 2017, na Rua Ramão Moreno, no Bar do Paçoca, no Conjunto Mandaguari II, ter efetuado disparo de arma de fogo contra o comerciante Tarciso Cândido, atingindo o rosto da vítima. Amauri, na ocasião dos fatos, disse que atirou devido ao barulho que a vítima provocava com "garotas" em seu bar. Na ocasião, a vítima foi socorrida por terceiros e encaminhada ao PAM para cuidados médicos e sobreviveu. 

Amauri de Almeida, foi condenado a 4 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado. 

O juri teve a presidência da juíza Ângela Karina Chirnev Pedotti Audi e a acusação foi da promotoria pública.


Rubens Silva 

Categoria:Diario De Mandaguari

Deixe seu Comentário